top of page

A importância dos treinamentos no onboarding e ongoing de funcionários

Ao realizar a contratação de novas pessoas para a equipe, principalmente no cenário de empresas de tecnologia, é muito importante que sejam realizados treinamentos, tanto relacionados ao cargo que será desempenhado por elas, quanto específicos sobre detalhes do funcionamento da organização em si.


Porém, um fato para o qual muitos gestores não se atentam, é que realizar treinamentos periódicos após este período, no ongoing das novas contratações, é tão importante quanto no onboarding.


Leia o post para saber mais detalhes.



Treinamentos no onboarding de funcionários


Quando contratamos novas pessoas para o quadro de funcionários de uma empresa, é essencial que no período de onboarding sejam realizados treinamentos para que conheçam mais sobre o negócio e o produto ou serviço fornecido.


Também é muito importante que sejam apresentadas as ferramentas a serem utilizadas e a forma de trabalho seguida naquele cargo específico.


Isso não significa que uma pessoa que foi contratada para um cargo de desenvolvedor, por exemplo, precise ser ensinada como programar, como se estivesse iniciando um curso sobre o assunto.

Trata-se, na verdade, de um direcionamento para que ela saiba quais são suas responsabilidades dentro da empresa e tenha um guia para realizá-las, mesmo dentro da liberdade de trabalhar da forma que se sente mais confortável e produtiva.


Muitas vezes podemos supor que a pessoa contratada já conhece as ferramentas que usamos, mas elas podem ser diferentes no cenário de cada empresa e das experiências vivenciadas por ela anteriormente.


Além disso, é muito importante que sejam passados alinhamentos sobre as especificidades da organização: os processos, a cultura e as expectativas em relação à nova contratação.



A importância de manter treinamentos periódicos no ongoing


Durante o período de início do trabalho em uma nova empresa e realização dos primeiros treinamentos, é muito comum que uma pessoa esteja ansiosa e até mesmo eufórica, o que pode atrapalhar a absorção de todo o conteúdo passado.


Outro ponto é que a sobrecarga de informações em um período curto de tempo também afeta o volume de aprendizado que alguém consegue assimilar.


Portanto, independente da área em que um novo membro da equipe vai atuar, é de grande importância que essas informações sejam revisitadas com o tempo e até mesmo novos conteúdos sejam transmitidos, quando necessário.


Mais do que isso, é essencial que sejam realizados exercícios práticos, para que seja possível avaliar como os aprendizados estão sendo efetivamente aplicados ao dia a dia de trabalho.



Dicas para aplicar essa ideia na sua empresa


Pode parecer muito difícil aplicar esta ideia de treinamentos contínuos, uma vez que a rotina dos gestores costuma ser bastante corrida e atarefada. Mas é possível adaptar à realidade de cada organização sem prejudicar as demandas já estabelecidas.


Ao invés de programar um treinamento mensal para a equipe que gerencia, o líder pode programar um espaço de tempo maior entre novos treinamentos, como bimestral ou trimestral.


Uma outra forma de não gerar uma sobrecarga em quem está liderando um time é terceirizar estas capacitações, que podem ser realizadas por empresas especializadas ou profissionais autônomos de confiança.



Tem alguma dica sobre o assunto para compartilhar com a gente? Deixe um comentário no post!


23 views0 comments

תגובות


bottom of page